Deixa chover…

tênis Quando algo morre em você e junto com a sensação de nada vem a melancolia é porque já já chega a hora de renascer.Acontece com todo mundo.Aquele gosto de saudade amanhecida junto com a apatia da certeza do que um dia foi e não será mais.”Chegou o fim, meu bem.Meu fim? Não, não o seu, o nosso.”E aí a gente se sente como quem partiu ou morreu, sem prumo, sem rumo, sem roupa nem moradia.

O céu desaba sobre nossa cabeça. Todo o corpo parece chorar a mesma dor e a chuva começa por dentro e transborda pelos olhos e nariz.”O fim chegou , meu bem.Não tem mais jeito”.Os dias que se seguem são como morte em vida.The walking Dead.

O corpo pesa , a fala engasga , o peito sufoca e a cabeça gira.Deixar ir é como sentir uma parte sua  se desmembrando.Uma parte bem grudada e difícil de se desencaixar.Mas vai.A parte tem vida própria e vai quando quer.A gente precisa deixar ir pra não morrer, pra não sufocar.

O clichê de que depois de toda tempestade vem o dia ensolarado nunca fez mais sentido do que quando deixamos aquele sentimento se transformar. A chuva que havia dentro da gente escapa pois ela é dona de si  e então chega a hora em que nosso corpo rejeita os sentidos.A apatia chega e toma conta  …Fase limbo.

O vazio dá lugar ao novo.A gente se esvazia para encher e transbordar de novo.Transbordar sorrisos ou até lágrimas.Um novo ciclo recomeça , mas para isso é preciso deixar chover.

Anúncios